MariAntonia em casa

MariAntonia em casa

Nesse tempo de quarentena, sem encontros presenciais, de cuidados consigo e com o próximo,, o Centro MariAntonia publicará uma série de conteúdos digitais, que ficarão hospedados nas redes sociais. Acompanhe aqui todos os conteúdos e bom proveito!

Literatura

Convidamos você a nos contar o que você está lendo agora. Grave um vídeo com até 3 minutos de duração, lendo um pequeno trecho do livro, e envie para imprensama@usp.br. Pode ser pelo celular mesmo. Não se esqueça de citar o titulo e o autor! O que você está lendo agora?

 

Acompanhe nosso conteúdo em casa!

Semana de 21 a 25 de setembro de 2020

Semana de 14 a 18 de setembro de 2020

Semana de 7 a 11 de setembro de 2020

Semana de 31 de agosto a 4 de setembro de 2020

Semana de 24 a 28 de agosto de 2020

Semana de 17 a 21 de agosto de 2020

Semana de 10 a 14 de agosto de 2020

Semana de 3 a 7 de agosto de 2020

Semana de 27 a 31 de julho de 2020 

Semana de 20 a 24 de julho de 2020

Semana de 13 a 17 de julho de 2020

Semana de 6 a 10 de julho de 2020

Semana de 29 de junho a 3 de julho de 2020

Semana de 22 a 26 de junho de 2020

Semana de 15 a 19 de junho de 2020

Semana de 8 a 12 de junho de 2020

Semana de 1 a 5 de junho de 2020

Semana de 25 a 29 de maio de 2020

Semana de 18 a 22 de maio de 2020

Semana de 11 a 15 de maio de 2020

Semana de 4 a 8 de maio de 2020

Semana de 27 de abril a 1 de maio de 2020

Semana de 20 a 24 de abril de 2020

Semana de 13 a 17 de abril de 2020

Semana de 6 a 10 de abril de 2020

Semana de 30 de março a 3 de abril de 2020

Semana de 23 a 27 de março de 2020

 

 

Semana de 5 a 9 de outubro de 2020

Curso “Luz Negra – a crítica anti-colonial e racial do capitalismo global, com Denise Ferreira da Silva – aula 2

O Centro Universitário Maria Antonia sediou o curso “Luz Negra – a critica anti-colonial e racial do capitalismo global” com Denise Ferreira da Silva, professora e pesquisadora do “The Social Justice Institute da University of British Columbia”.

O curso gratuito foi dividido em quatro aulas, em dezembro de 2019, e foi promovido em conjunto com a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e com o Grupo Interdisciplinar de Raça e Política – GIRA

Nesta segunda aula, a pesquisadora fala sobre “a crítica da violência: racialidade, justiça e violência”.

As próximas duas aulas serão publicadas às segundas-feiras.

Boa aula!

#racismo #mariantoniausp #cursoluznegra

https://youtu.be/Q0wt53JM5VU


Indicação filme “Noite adentro: retratos de vida e morte” (2017 – 124 minutos)

O Centro Universitário Maria Antonia e o Videocamp tem uma parceria desde 2019.

Para celebrar esta parceria, e ajudar a todos neste período difícil e incerto de isolamento social, o Centro Maria Antonia faz indicações de filmes, disponíveis na plataforma do Videocamp, que educam, alentam e mobilizam nossos corações para transformar a sociedade.

Indicamos o documentário “Noite adentro: retratos de vida e morte” (2017 – 124 minutos), de Helen Whitney, que faz parte do Festival Infinito, sobre o viver e o morrer, disponível na plataforma, até o dia 10 de outubro.

O filme apresenta nove homens e mulheres lutando com as questões mais profundas sobre a existência humana. Para eles, a morte não é mais uma abstração, longe no futuro. Eles vêm de todas as esferas da vida, todas as idades, moribundos e saudáveis, crentes e céticos, foram chocados para a mortalidade e estão mudados para sempre.

Para assistir, basta se inscrever na plataforma e clicar. É gratuito!

#mariantoniausp #viver #festivalinfinito #morrer #docuemntário #cinema

https://www.videocamp.com/…/quarentena-festival-inf…/player…


Conversa na exposição “Enfoque”, com Diego Castro e Juliana Monachesi

Em 2019, a exposição “Enfoque”, do artista Diego Castro, no Centro Universitário Maria Antonia, mostrou os percursos da informação na mídia.

O artista articulou os materiais coletados no tratamento das imagens altamente difundidas, que perderam seus detalhes por meio da inserção de cor, mas guardaram índices que as tornam reconhecíveis em inúmeros contextos.

No dia 2 de julho de 2019, o artista Diego Castro e a crítica Juliana Monachesi receberam o público no programa “Conversa na exposição”, para falar sobre a mostra “Enfoque“.

Acompanhe a primeira parte da conversa. Os próximos vídeos serão publicados às quintas-feiras.

Boa reflexão!

#mariantoniausp #exposição #conversanaexposição #enfoque

https://youtu.be/rHDwccW-7fM


Indicação de filme ““Os espíritos só entendem o nosso idioma” (2019 – 6 minutos), dirigido por Cileuza Jemjusi, Robert Tamuxi e Valdeilson Jolasi

O Centro Universitário Maria Antonia e o Videocamp tem uma parceria desde 2019.

Para celebrar esta parceria, e ajudar a todos neste período difícil e incerto de isolamento social, o Centro Maria Antonia faz indicações de filmes, disponíveis na plataforma do Videocamp, que educam, alentam e mobilizam nossos corações para transformar a sociedade.

A plataforma abriga a Mostra CineFlecha, em cartaz até o dia 15 de outubro, que traz a recente produção audiovisual de diferentes coletivos e realizadores indígenas do Brasil, com o tema (Re)Existir e Curar.

Os filmes, divididos em quatro sessões temáticas, mostram as diferentes maneiras como os povos indígenas seguem incansavelmente mobilizando formas de (re)existir – resistir e existir outra vez, e curar – por meio de saberes e práticas ancestrais e contemporâneas, diante das forças hegemônicas relacionadas a modos de vida insustentáveis.

Indicamos o curta “Os espíritos só entendem o nosso idioma” (2019 – 6 minutos), dirigido por Cileuza Jemjusi, Robert Tamuxi e Valdeilson Jolasi, com apoio do Laboratório de Imagem e Som em Antropologia da USP (LISA).

O filme trata do desaparecimento da tradição. Apenas seis anciões da população Manoki na Amazônia brasileira ainda falam o idioma indígena, um risco iminente de perderem o meio pelo qual se comunicam com seus espíritos.

Os mais jovens decidem narrar em imagens e palavras a sua versão dessa longa história de relações com os não indígenas, falando sobre as suas dores, desafios e desejos. Apesar de todas dificuldades do contexto atual, a luta e a esperança ecoam em várias dimensões do curta-metragem, indicando que “a língua manoki viverá!

Para assistir, basta se inscrever na plataforma e clicar. É gratuito!

#mariantoniausp #cineflecha #indígenas #cinema #filme

https://www.videocamp.com/pt/campaigns/mostra-cineflecha-osespiritossoentendemonossoidioma/player?special_id=116387